Close

Imóveis de luxo no norte e no nordeste são a aposta do ano

SÃO PAULO – O valor chama a atenção: R$ 15 milhões. Este montante é referente a apenas uma residência, que hoje é possível encontrar no norte e nordeste do Brasil. Imóveis de luxo em empreendimentos milionários são a aposta para este ano, o que comprova que o mercado imobiliário de todo o País por enquanto vai bem.

Exemplo de cidade em ascensão e que tem recebido condomínios cinco-estrelas é Porto Velho, em Rondônia, tida como uma das capitais que mais crescem no Brasil. Este desenvolvimento acelerado está sendo acompanhado de perto pelo setor imobiliário, que movimenta cerca de US$ 5 bilhões ao ano no País.

Em dezembro, o setor imobiliário de Porto Velho bateu recordes de vendas com o residencial Alphaville Porto Velho. No lançamento, em menos de seis horas todos os 591 lotes foram vendidos, tendo a imobiliária Social Imóveis se destacado como a campeã de vendas do empreendimento.

Rondonienses de diversas cidades do estado chegaram a pegar senhas e enfrentar fila para garantir seu terreno em um condomínio de luxo que já está consolidado em 40 cidades de 20 estados do Brasil.

De acordo com o diretor da Social Imóveis, Ailton Arthur, o mercado deve crescer ainda mais. “Hoje, Porto Velho está em um momento próspero em todas as áreas, e com o mercado imobiliário não poderia ser diferente. A construção das usinas do Madeira – que estão trazendo em média 300 pessoas por dia à capital -, o bom momento econômico do estado e a possibilidade da saída para o Pacífico explicam esse crescimento e mostram que ele não é tão passageiro assim”, diz Ailton Arthur.

O Ceará também tem sido palco de investimentos da categoria premium para imóveis e incorporações de alto padrão. Com atuação no estado e, ainda, no Maranhão, no Piauí e também no Pará, a IN’s Brasil foi eleita pela Christie’s Great Estates – braço imobiliário da conceituada casa de leilões Christie’s -, representante exclusiva para comercialização de imóveis de alto luxo nessas localidades.

De acordo com Francisco Próspero, diretor Executivo da IN’s Brasil, a expectativa é que o mercado cearense cresça de forma significativa “porque realmente existem ali produtos imobiliários premium, sobretudo apartamentos e casas”, disse ele.

Para o executivo, o investimento em acabamento e o crescimento exponencial da economia nesses estados resultam em investimentos altos das construtoras e imobiliárias.

“O Ceará está bem servido de incorporadoras de alto padrão, empresas de gabarito internacional, bem preparadas. Um dos diferenciais no quesito premium ficará no âmbito da qualidade dos acabamentos. Será, em muitos casos, mais importante que a própria dimensão de um imóvel”, afirma Próspero.

Para ele, produtos como casas de praia de alto padrão com frente para o mar têm procura alta, e muitas vezes o que se encontra são condomínios com muitos imóveis em um mesmo local. “Atualmente, os clientes querem um pouco mais de tranquilidade e conforto”, argumenta o executivo. No escopo de ofertas da IN’s Brasil no estado, está um sítio localizado em Flecheiras, no Município de Trairi, com 7.028 metros quadrados de área total, orçado em R$ 1,8 milhão.

Novos palcos em São Paulo

O mercado imobiliário de alto padrão também começa a chegar a municípios conhecidos por abrigarem classes mais baixas, sem uma conhecida demanda por imóveis de luxo. Um exemplo é a cidade de Diadema, no Grande ABC, que receberá o Condomínio Vitta Parque, lançado pelas incorporadoras Helbor e Setin este ano. “Vendemos, no fim de semana de lançamento, 70% do empreendimento”, explica Antônio Settin, presidente do grupo.

De acordo com o executivo, a cidade de Diadema, com mais de 300 mil habitantes, não tinha empreendimentos do porte do Vitta Parque, que tem mais de 15 mil metros quadrados e apartamentos de 3 e 4 dormitórios que podem chegar a 113 metros quadrados. “Não vejo isso como um crescimento, mas como o suprimento de uma demanda reprimida”, explica.

O empreendimento fica localizado a 300 metros do Shopping Praça da Moça, a cinco minutos da Rodovia dos Imigrantes e a cerca de 15 minutos do Metrô Jabaquara, tornando-se acessível mesmo para quem trabalha em São Paulo.

A aposta da Setin em Diadema faz parte das novidades do grupo, que espera crescer 18% em 2011, e prevê um valor geral de vendas (VGV) de R$ 1 bilhão, distribuído em dez empreendimentos residenciais e comerciais.

Fonte: Jornal DCI.

Deseja receber mais informações, apresentação, vídeo e tabelas?  Por favor, preencha o formulário abaixo e receba o material completo em seu email ou WhatsApp.


  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório)
  3. (obrigatório)
  4. (obrigatório)
  5. Responda à questão:
  6. Prefere ser contatado por:
 

error: Conteúdo protegido!

CENTRAL DE VENDAS: (85) 98756-5142 (Oi e WhatsApp) | (85) 99610-0678 (TIM)

x