Close

Fortaleza na Copa 2014

Desde setembro de 2007, 30 pessoas do Governo do Estado e da Prefeitura de Fortaleza trabalham na concepção da candidatura cearense à Copa do Mundo FIFA 2014 e nas respostas aos cadernos de encargos e questionários da Associação Brasileira da Infra-estrutura e Indústrias de base, e do Comitê Organizador (Abdib) da FIFA e CBF.

Como afirma o secretário do Turismo, Bismarck Maia, “com a confirmação da cidade de Fortaleza como uma das subsedes da Copa 2014, a capital do Ceará, assim como as demais escolhidas, começa a mudar naturalmente. As atenções do mundo inteiro se voltam para essas localidades selecionadas pela Fifa e isso impõe a cada governante muita responsabilidade”.

Segundo dados da Secretaria de Turismo do Estado (Setur), Fortaleza possui uma das maiores redes hoteleiras do País, cerca de 25 mil leitos. Só na capital cearense são mais de 200 opções de hospedagem A estrutura hoteleira de Fortaleza é tida como uma das melhores do país. Grandes redes de hotéis estão instaladas na cidade, tanto de empresas nacionais como internacionais. Há cerca de 10.500 apartamentos na capital, totalizando-se mais de 23 mil apartamentos na Região Metropolitana e outras cidades no Estado. No ano de 2006, o Ceará recebeu 2,3 milhões de turistas, estando entre os destinos mais visitados do País. Apenas durante os dois primeiros meses de 2009, estão sendo esperados 750 mil visitantes.

A copa 2014 será um divisor de águas para Fortaleza e para o Ceará. As grandes alterações que a Copa 2014 pode proporcionar em vários aspectos como o comercial, o físico, o social, o histórico, o turístico e o imobiliário, são de relevância incontestável para o desenvolvimento do Estado em diversos setores. Sem dúvidas, será um salto de qualidade.

Assistir a um jogo no Castelão ficará muito melhor após a reforma que modernizará o estádio

Para quem já foi ao Castelão, assistir a um jogo no estádio a partir da Copa do Mundo de 2014 será uma experiência completamente diferente. É o que promete o Governo do Estado, baseado no projeto arquitetônico do estádio que será construído para o torneio, aproveitando parte da estrutura já existente.

Castelão 2014

Dentre as principais de modificações que irão ocorrer no estádio Castelão, estão:

– A aproximação do público ao campo de eventos de 41m (distância atual) para 21m com a construção do anel inferior novo;
– A construção de grande praça de acesso com área de alimentação e serviços com vista desimpedida de jogo;
– A extensão da coberta cobrindo todos os espectadores com placas de energia solar e degradê adequado e translúcido;
– A construção de 72 camarotes especiais;
– A construção de lounges empresariais para 3.000 lugares;
– A construção de camarote de honra de 10.000 m2;
– A construção de moderna sala de imprensa;
– A construção de dois modernos restaurantes atrás das metas e com visão total de jogo;
– A construção de edifício-garagem para 4.200 lugares;
– A manutenção do estádio por duas turbinas eólicas, além dos geradores comuns;
– Além disso, está prevista a construção de espaço de entretenimento em torno do estádio com hotel, shopping com cinemas, além de centro olímpico com 47.500m2 com arena multiuso climatizada, pista de atletismo olímpica e complexo aquático esportivo.

Espanha e Portugal na mira

Quando fala em seleção europeia, a organização da candidatura de Fortaleza não se refere a qualquer equipe do Velho Mundo. De acordo com o secretário estadual do esporte, Ferruccio Feitosa, o objetivo é trazer um nome de peso. Caso a cidade sedie um grupo, é certa a presença de uma tradicional escola do futebol por aqui, mas a meta é convidar seleções também antes do período da Copa, inclusive para períodos de aclimatação.

E a cidade tem suas favoritas. Os países da Península Ibérica (Espanha e Portugal) são os preferidos pela proximidade com a Capital. “É verdade que já há um contato com a Espanha. A possibilidade de uma seleção como esta vir para cá agrada à candidatura de Fortaleza. Há aí questões culturais e de proximidade com o nosso Estado que são fundamentais”, explicou o Ferruccio.

No entanto, não só a Espanha está na alça de mira da candidatura fortalezense. “Já mantivemos contato também com alguns empresários portugueses. Seria uma outra boa opção para nós”. Vale lembrar que a maioria dos resorts que estão sendo ou que já foram construídos na Região Metropolitana de Fortaleza (Eusébio e Aquiraz) são investimentos ligados diretamente ao empresariado português.

Caso a vinda de nenhum desses países seja confirmada outras opções são Inglaterra e Itália. “Mas, a princípio, o nosso foco é que a Europa esteja aqui. E Portugal ou Espanha tem a proximidade histórica e língua também, o que poderia atrair mais turistas ainda”, concluiu Ferruccio.

Confira as ações do Plano de Investimento da Copa do Mundo da Fifa Brasil 2014:

ESTÁDIOS

– Implantação do Edifício Garagem do Castelão com ampliação da área de estacionamento para 4.200 vagas – R$ 100 milhões (Parceria-público-privada-PPP);
– Modernização e ampliação da estrutura do Castelão para enquadramento no Caderno da FIFA – R$ 297,451 milhões (PPP);
– Requalificação do estádio Presidente Vargas com estrutura para 19.500 cadeiras – R$ 54,509 milhões (já captados)

MEIO AMBIENTE E SANEAMENTO BÁSICO

– Revitalização do Rio Cocó – R$ 244,221milhões (já captados);
– Revitalização do Rio Maranguapinho – R$ 439,033 milhões (já captados);
– Projeto Sanear II (elevação em 12,7% a cobertura da rede de esgoto de Fortaleza) – R$ 408,117 milhões (já captados);
– Ampliação do sistema de esgotamento sanitário da bacia do Rio Cocó – entorno Castelão – R$ 94,892 milhões ;
– Implantação do sistema de Estação de Tratamento de Água Oeste-Caucaia – R$ 145,492 milhões (já captados R$ 18,472 milhões) ;
– Preurbis – Programa de Requalificação Urbana com Inclusão Social – R$ 198 milhões (já captados);
– Balneabilidade de Lagoas (monitoramento de 13 lagoas de Fortaleza) – R$ 507,82 milhões (já captados);
– Bioparque Passaré – recriação de Biomas – R$ 21,448 milhões (já captados R$ 9 milhões);
– Carta Acústica – monitoramento e avaliação de ruídos urbanos – R$ 330 mil (já captados);
– Saneamento do antigo Aterro Sanitário do Jangurussu – R$ 1,5 milhão ;
– Ampliação e desobstrução da rede de drenagem urbana de Fortaleza – R$ 132,877 milhões (já captados);
– Programa de Controle Ambiental (controle e monitoramento da qualidade do ar) – R$ 6,225 milhões (já captados);
– Programa da Biodiversidade (Probio) – conservação e melhoramento das principais áreas urbanas de Fortaleza – R$ 11,692 milhões (já captados);
– Melhoria do Sistema de Abastecimento de Água de Fortaleza – R$ 35,060 milhões;
– Controle de erosão marítima da beira-mar – R$ 25,184 milhões (já captados)

TRANSPORTE

– Duplicação do Anel Viário (Trecho – Ce 040 / Br 222) – R$ 162,8 milhões (já captados);
– Duplicação trechos 1 e 2 da BR 222 – R$ 114 milhões (já captados);
– Conclusão da BR 116 (trecho Itaitinga – Horizonte) – R$ 40 milhões (já captados);
– Recuperação da BR 116 – Trecho km 0 ao km 12 – R$ 60,312 milhões (já captados);
– Duplicação do Terminal de Passageiros do Aeroporto Pinto Martins – R$ 517,5 milhões (já captados);
– Terminal de Cargas do Aeroporto Pinto Martins – R$ 39 milhões (já captados);
– Ampliação da pista do Aeroporto Pinto Martins – R$ 6 milhões (já captados);
– Torre de Controle do Aeroporto Pinto Martins – R$ 27 milhões (já captados);
– Implantação do Terminal de Passageiros do Porto do Mucuripe – R$ 120 milhões;
– Conclusão da ponte sobre o Rio Cocó – R$ 9,7 milhões (já captados);
– Duplicação da CE 040 – entrocamento da CE 453 com Beberibe – R$ 86 milhões (já captados);
– Duplicação da CE 040 trecho Beberibe/Lagoa do Uruaú e Fortim/Aracati – R$ 46,8 milhões (já captados);
– Implantação do Aeroporto de Aracati – R$ 17,1 milhões (já captados);
– Rodovia de acesso a localidade de Praia Bela, a partir de Aquiraz – R$ 10,3 milhões (já captados);
– Alargamento da CE 453 entrocamento com Iguape – R$ 10 milhões (já captados);
– Duplicação da CE 025 – Maestro Lisboa com Rio Pacoti – R$ 27 milhões (já captados);
– Ligação da ponte sobre o Rio Cocó/ Ce 040/ Anel Viário metropolitano – R$ 62,5 milhões;
– Implantação Linha Oeste do Metrô de Fortaleza – R$ 847,653 milhões (já captados R$ 290 milhões);
– Acessibilidade as estações do Metrô de Fortaleza – R$ 107,049 milhões;
– Implantação sistema de integração ônibus-metrô – R$ 70 milhões;
– Ramal ferroviário Mucuripe/Aeroporto/Parangaba/Castelão – R$ 565,650 milhões (já captados R$ 1,431 milhão);
– Implantação da Linha Sul do Metrô de Fortaleza – R$ 1,806 bilhão (já captados R$ 1,531 bilhão);
– Requalificação da Malha Viária de Fortaleza – R$ 182,5 milhões;
– Ligação do Aeroporto com a BR 222 – R$ 30,616 milhões;
– Ligação litorânea leste-oeste com Fortaleza – R$ 18 milhões;
– Via expressa Norte-Sul (complementação) – R$ 98 milhões;
– Alargamento da Av. Alberto Craveiro – R$ 37,725 milhões;
– Alargamento da Av. Dedé Brasil – R$ 41,592 milhões;
– Implantação do Transfor – R$ 400 milhões;
– Alargamento da Av. Paulino Rocha – R$ 24,290 milhões;
– Ligação da Paulino Rocha com José Américo – R$ 7,752 milhões;
– Ligação da Av. Min. José Américo com Av. Maestro Lisboa – R$ 2,474 milhões;
– Alargamento da Av. Gal. Bittencourt – R$ 10,387 milhões;
– Alargamento da Av. Osório de Paiva – R$ 26 milhões;
– Implantação do viaduto da Via Expressa/ Santos Dumont – R$ 8 milhões;
– Implantação do túnel da Via Expressa / Pe. Antônio Tomás – R$ 7,5 milhões;
– Implantação do viaduto da Via Expressa/ Av. Alberto Sá – R$ 8 milhões;
– Implantação do primeiro anel viário eixo Leste-Oeste – R$ 148 milhões;
– Melhoria da Via de acesso do Aeroporto (Via avenida Raul Barbosa) – R$ 53,595 milhões;
– Reequipamento operacional do sistema de transporte – R$ 30 milhões;
– Implantação de sinalização turística e de trânsito – R$ 12,768 milhões;
– Promob – R$ 14,970 milhões;
– Aquisição de Viaturas de Trânsito para AMC/PMF – R$ 14,1 milhões ;
– Aquisição de equipamentos de trânsito AMC / PMF – R$ 15,955 milhões;
– Ampliação do Projeto Controle de Tráfego – R$ 39,760 milhões;
– Aquisição de equipamentos – R$ 4,190 milhões;

SEGURANÇA

– Aquisição de viaturas para a Secretaria da Segurança Pública – R$ 34,743 milhões;
– Aquisição de viaturas para a Guarda Municipal – R$ 8,776 milhões;
– Reestruturação e aquisição de equipamentos – R$ 32,572 milhões (já captados R$ 13,516 milhões);
– Reestruturação e aquisição de equipamentos de TI – R$ 1,082 milhão (já captados);
– Modernização instrumental de apoio a Guarda Municipal – R$ 12,016 milhões;
– Ciops – R$ 25,513 milhões;

SAÚDE

– Ampliação do Serviço Móvel de Urgência (Samu) – R$ 4,561 milhões;
– Ampliação do Serviço Móvel de Urgência da Região Metropolitana de Fortaleza – R$ 1,535 milhão;
– Ampliação dos leitos de UTI – R$ 24 milhões;
– Ampliação dos leitos dos hospitais públicos – R$ 76 milhões (já captados R$ 53 milhões);
– Reaparelhamento das emergências terciárias (HGF, IJF e Hospital de Messejana) – R$ 4,884 milhões;
– Ampliação do atendimento de urgência – R$ 7,6 milhões;
– Aquisição de ambulâncias – R$ 5,1 milhões;
– Implantação do Hospital de emergência da Av. Perimetral – R$ 15 milhões

ENERGIA/TELECOMUNICAÇÕES:

– Banda larga no estádio Castelão – R$ 8,924 milhões
– Suprimento de 22 MVA de Carga no Castelão e entorno – R$ 21,055 milhões
– Implantação de turbinas de energia eólica – R$ 12,710 milhões

TURISMO

– Centro de Eventos – R$ 297,580 milhões (já captados);
– Aquário do Ceará – R$ 250 milhões (já captados);
– Requalificação da Praia de Iracema – R$ 54,226 (já captados);
– Urbanização da Beira – Mar – R$ 35 milhões (já captados);
– Conclusão do Projeto Vila do Mar – R$ 148,637 (já captados);
– Requalificação do Dragão do Mar – R$ 18,7 milhões;
– Recuperação da Estação João Felipe – R$ 34,754 milhões ;
– Projeto de acessibilidade e mobilidade urbana no Centro – R$ 7,270 milhões;
– Infraestrutura básica do Morro de Santa Terezinha – R$ 5 milhões.

Assista ao vídeo da Candidatura de Fortaleza a Subsede da Copa do Mundo FIFA 2014

Deseja receber mais informações, apresentação, vídeo e tabelas?  Por favor, preencha o formulário abaixo e receba o material completo em seu email ou WhatsApp.


  1. (obrigatório)
  2. (obrigatório)
  3. (obrigatório)
  4. (obrigatório)
  5. Prefere ser contatado por:
 

error: Conteúdo protegido!

CENTRAL DE VENDAS: (85) 98756-5142 (Oi e WhatsApp) | (85) 99610-0678 (TIM)

x